1. Home
  2. Posts
  3. Atrativos

Guaíra

Guaíra
Ponte Ayrton Senna - Daniel Snege

No extremo norte do lago de Itaipu, a cidade de Guaíra tem muita história e vocação natural para o turismo. O rio Paraná é quem estabelece a suas fronteiras com o Mato Grosso do Sul e a República do Paraguai. Ligando os dois estados, está a Ponte Ayrton Senna, a maior ponte fluvial do Brasil, com aproximadamente 3.600 metros de comprimento.


Antes do Lago de Itaipu, um grande atrativo turístico atraía visitantes: as Sete Quedas. Apesar do nome, eram 19 cachoeiras, sendo a principal o Salto de Sete Quedas (ou Guaíra), o qual dizem ter sido a maior cachoeira em volume de água do mundo. Entretanto, com a construção da usina de Itaipu, elas ficaram debaixo da água.

Mas o turismo do município continua forte. Em apenas 50 quilômetros do trecho entre o Lago Itaipu e o Rio Paraná se encontram 65 ilhas, 22 praias naturais, cinco lagoas piscosas, ricas em fauna e flora, o refúgio biológico da Serra do Maracajú, a Ilha São Francisco de Frei Pacífico e o Parque Nacional da Ilha Grande. 

O Parque é um complexo com mais de 270 ilhas, sendo as principais as Ilhas Pacú, Peruzzi, Gaivotas, Tucano, Pavão, Capivara, São Francisco, Saraiva, Volta Redonda, Isabel, Ilha Joel, Major Valença e a própria Ilha Grande. Também no Parque, esta a Lagoa Saraiva, com aproximadamente 120 km de comprimento e seu trecho mais largo é de 18 km. É considerado o berço da fauna aquática da área.

A área mais antiga da cidade é rica em conservação histórica. O Centro Histórico Vila Velha tem construções que remetem às residências dos administradores da Companhia Mate Laranjeira, a primeira escola, o armazém central (que hoje é o museu da história da Cidade real Del Guairá). A Igrejinha de pedra Nuestro Señor Del Perdón destaca-se por seus vitrais de origem espanhola trazidos da Argentina, e retratam a catequese praticada aos índios pelos jesuítas. Foi feita pela comunidade, com pedras trazidas das margens das Sete Quedas.

A antiga locomotiva, utilizada pela Companhia Matte Laranjeiras S/A para o transporte de erva-mate até o Porto Mendes, entre 1909 e 1961, está exposta na entrada do Centro Náutico, construído pela Itaipu Binacional numa área de 300 mil metros quadrados. Nesse espaço, estão dispostos em círculo sete pavilhões com 450 metros quadrados cada, todos voltados para um teatro e anfiteatro com capacidade para 5000 pessoas.

A infraestrutura no local é completa e capaz de receber feiras, congressos, exposições, eventos culturais e artísticos. Lá, nos primeiros dias de maio, é realizada a Feira das Nações, o maior evento em Guairá. Para essa e outras festas, o estacionamento é preparado para grande público, tendo 600 vagas para veículos.

Área de lazer e esporte, composta por camping com banheiros, lavanderia e lanchonete, dispõe de canchas de futebol suíço, cancha de bocha, três canchas polivalentes, playground e churrasqueira, lago interno para equipamentos de lazer; atracadouro, marinas e hangar; área ecológica, com bosque natural contornando todo o centro náutico, ideal para caminhadas.

Uma base Náutica situada dentro do Distrito Turístico, junto ao Centro Náutico, possui marina, deck, garagens de barcos, restaurante, lanchonete, área para realização de eventos e para pequeno comércio, administração, vestiário e sanitário.

Informações turísticas

Secretaria Municipal de Turismo
Avenida Coronel Otávio Tosta, 126
Telefone: (44) 3642-4682
www.guaira.pr.gov.br 

Hotel e Churrascaria Gaúcha

Av. Mate Laranjeira , 1155
Telefone: (44) 3042-3301
E-mail: [email protected] 
Guaíra – PR



ATRATIVOS RELACIONADOS

Caminhos ao Lago de Itaipu

Terra Roxa

São Miguel do Iguaçu

São José das Palmeiras

Santa Terezinha de Itaipu

Santa Helena

Salto del Guairá

Prainha Foz do Iguaçu

Pato Bragado

Mundo Novo

Missal

Mercedes

Medianeira

Marechal Cândido Rondon

Itaipulândia

Guaíra

Entre Rios do Oeste

Diamante D'Oeste



Portal H2FOZ e Cataratas do Iguaçu Destino do Mundo - Caminhos ao Lago de Itaipu

© - Todos os direitos reservados