1. Home
  2. Notícias

Vereadores de Foz visitam as instalações da UNILA

Vereadores de Foz visitam as instalações da UNILA
O reitor Gustavo Oliveira Vieira recepcionou os vereadores na Unidade Jardim Universitário - Foto: Divulgação

Aproximar a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) da região e também promover a relação inversa.

Foi com esse mote que o Movimento UNILA Resiste fez o convite aos vereadores da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu para visitar as instalações da Universidade, conversar com as pessoas que fazem da integração o seu objetivo de vida e mostrar um pouco do dia a dia da UNILA: conquistas, desafios, oportunidades de projetos e de estreitar relacionamento com a comunidade.

Sete dos 15 vereadores iguaçuenses foram à Unidade Jardim Universitário nesta quinta-feira (10), percorreram os laboratórios dos cursos da área da saúde e foram recepcionados pelo reitor Gustavo Oliveira Vieira e por representantes do Movimento, além de conversarem com docentes, estudantes e técnico-administrativos ao longo do percurso. Nas instalações do PTI, os vereadores visitaram laboratórios de informática e também os de natureza multiuso, onde acompanharam experimentos dos cursos de Engenharia de Energia e Engenharia Civil de Infraestrutura. Também percorreram a Biblioteca, onde conheceram o acervo e o espaço compartilhado com outras instituições.

Durante a visita, os vereadores puderam conversar com os estudantes, ouvir as histórias de vida e as experiências dos discentes de vivenciarem a integração latino-americana pelo conhecimento. Ao final da visita, eles receberam o documento intitulado UNILA no Território, com importantes dados que mostram a relação da Universidade com a comunidade local.

No trajeto entre unidades, fizeram uma parada para esclarecimentos a respeito das obras paralisadas do campus Niemeyer, desde 2014, quando o consórcio formado pelas empresas Mendes Júnior e Schahin abandonou as atividades alegando desequilíbrio econômico-financeiro. O pleito de aditivo foi negado pela Universidade, que analisou e não encontrou consistência nos argumentos apresentados. Além disso, os vereadores receberam informações sobre as obras da nova moradia estudantil, na Avenida Tancredo Neves.

Entre os esclarecimentos apresentados aos parlamentares estão também os dados sobre a origem dos discentes da UNILA: dos 3.575 estudantes matriculados em cursos de graduação, 68% são brasileiros, e os demais 32% são provenientes de outros 19 países da América Latina.

Dos estudantes brasileiros, 38% são de Foz do Iguaçu, garantindo assim a participação da população local nesse ambiente multicultural. "Na sua perspectiva de integração latino-americana, a UNILA não nega a sua presença em Foz do Iguaçu e a participação da população local nesse projeto de educação", ressalta o reitor Gustavo Oliveira Vieira.

Percepções dos vereadores

“Há um ditado que diz que para conhecer uma pessoa, tem que conviver com ela. E isso se pode usar também em relação à UNILA. Para mim é uma satisfação vir conhecer de perto, ver essa confraternização, entender um pouco a cultura de todos esses estudantes. É um prazer imenso ter a UNILA na cidade, e queremos cada vez mais interagir com a Instituição”. (Anderson Andrade)

“Hoje pude ver com os meus olhos a real situação da UNILA, ver o que realmente acreditava; que a Instituição não é somente a porta de entrada para estrangeiros, mas também uma oportunidade de eles se formarem aqui e uma qualificação para os nossos estudantes brasileiros. Pude ver a unidade entre os países que hoje se integram nesse projeto”. (Rosane Bonho)

“Na Câmara Municipal estamos 'comprando briga' para a permanência da UNILA, e contem conosco para todas as demandas que são importantes para o progresso da Universidade aqui em Foz do Iguaçu”. (Tenente-coronel Jahnke)

“Precisamos agradecer ao deputado que apresentou a proposta de emenda aditiva porque ele nos fez vir aqui visitar a UNILA de perto. Então faço um desafio a todos, de virem conhecer a Universidade e fazer a sua própria análise crítica da importância da Instituição. Como vereadores, o que pudermos fazer para ajudar a UNILA, faremos”. (Celino Fertrin)

Audiência Pública

O convite aos vereadores é fase preparatória para a realização da Audiência Pública que foi convocada pela Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. O evento está marcado para o dia 17 de agosto, às 19h, na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, com o objetivo de discutir a proposta da Emenda Aditiva à MP 785/2017, que propõe transformar a UNILA em Universidade Federal do Oeste do Paraná.