1. Home
  2. Notícias

Superlua pode ser contemplada em lugares incríveis em Foz

Superlua pode ser contemplada em lugares incríveis em Foz
Junto com a superlua ocorrem a Lua Azul o eclipse lunar - Foto: Marcos Labanca

H2FOZ - Paulo Bogler

Nesta quarta-feira, 31, acontece a superlua, em que o satélite alcança o ponto mais próximo da Terra em seu movimento orbital, o chamado perigeu. A Lua parece ficar maior e mais brilhante no céu. Esta não será uma superlua qualquer, pois ocorrerá simultaneamente com a “Lua Azul” e o eclipse lunar. Este último fenômeno não será visto em nossa região.

Conforme Daniel Luiz, do Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho, com a “lua cheia no perigeu”, a Lua vai ficar cerca de 14% maior e 35% mais brilhante. Perigeu é a menor distância entre a Lua e a Terra. Mas nem todas as pessoas conseguem distinguir o fenômeno no céu. “É quase imperceptível para os olhos não treinados”, frisa.

Não há necessidade de equipamentos especiais para a observação, mas a visão fica melhor em lugares altos e abertos. Segundo Daniel Luiz, não existe um horário específico que seja melhor para observar o fenômeno da superlua. “O mais interessante mesmo é que o céu não esteja nublado”, explica.

Superlua em Foz

Foz do Iguaçu tem lugares incríveis para quem quer curtir a superlua. As melhores dicas são os locais que permitem a observação junto à natureza. Nas águas do Lago de Itaipu, o passeio de Kattamaram permite a observação do pôr do sol e da Lua, saindo às 19 horas do Centro de Visitantes da Itaipu Binacional.


Cidade oferece várias opções para curtir a superlua junto à natureza - foto Marcos Labanca

O Marco das Três Fronteira é outro local muito procurado por quem gosta de apreciar a Lua em sua plenitude. Para quem chegar cedo, antes da superlua, será possível apreciar o pôr do sol, considerado um dos mais bonitos da fronteira. O atrativo conta com a maior roda-gigante itinerante do Brasil, motivo a mais para quem optar pelo atrativo para a observação lunar.

A Iguassu Secret Falls marcou ponto de encontro em frente ao Museu de Cera às 18h45. O passeio vai até a entrada de uma das cachoeiras secretas de Foz, com direito a banho e apreciação. O grupo segue para o luau no Hostel Natura para a contemplação da superlua ao som de música ao vivo.

O Gramadão da Vila A é alternativa para as pessoas interessadas em curtir a superlua sem pagar nada por isso. Ainda é comum encontrar grupos de amigos em praças e outras áreas abertas, a fim de captar a melhor visão da Lua e registrá-la em fotografias.

Fenômeno

A superlua repete-se nesta quarta-feira, 31, acompanhada de outros dois acontecimentos lunares. Um é a “Lua Azul”, espécie de apelido para a segunda lua cheia que acontece no mesmo mês. O tempo entre duas luas cheias é de aproximadamente 29 dias e meio. Para ocorrer a segunda lua cheia no mês é necessário que a primeira aconteça no primeiro dia do mês de 31 dias.


Superlua faz satélite parecer maior e mais brilhante - foto Marcos Labanca

Outra ocorrência nesta quarta-feira é o eclipse lunar, quando o satélite se coloca na sombra da Terra e deixa a Lua com aspecto alaranjado/avermelhado, devido aos raios de luz que entram na atmosfera. Esse fenômeno é popularmente conhecido como “Lua de Sangue”, por conta da coloração do satélite.

“São três eventos simultâneos. No horário de Brasília irá ocorrer às 12h48 horas”, informa Daniel Luiz, do Polo Astronômico do PTI. “Para nós, neste horário, a Lua estará abaixo do horizonte; e o Sol, acima. Quem vai poder ver o fenômeno é quem está no outro lado do planeta, pois é a parte que está voltada para a Lua, e não para o Sol. Quando chegarmos nesta posição, o evento já terá ocorrido”, frisa.

Observação da superlua em Foz

Passeio de Kattamaram

www.turismoitaipu.com.br

Visitação ao Marco das Três Fronteiras

www.marcodastresfronteiras.com.br

Passeio pelas cachoeiras

www.facebook.com/Iguassusecretfalls