1. Home
  2. Notícias

Programadores terão 24 horas para desenvolver soluções para o turismo

Programadores terão 24 horas para desenvolver soluções para o turismo
Desafio de programadores integra o 12º Festival das Cataratas de Foz - Reprodução

Em apenas 24 horas, dentro do 12º Festival das Cataratas de Foz do Iguaçu, grupos de programadores terão uma missão: desenvolver soluções tecnológicas para o turismo. Esse é o desafio do Hackatour, uma maratona de programação de software, que neste ano será no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), nos dias 29 e 30 de junho. As inscrições para participar desta, que é a 2ª edição do evento, estão abertas.

A primeira etapa do evento é uma visita dos participantes ao Festival de Turismo, onde eles vão interagir com expositores, agentes de viagens e outros profissionais da área para buscar dificuldades e lacunas do mercado. A partir daí, os grupos vão desenvolver soluções para esses problemas, que podem ser nos mais variados formatos, como um site, um aplicativo mobile ou um metabuscador.

A programação do Hackatour vai envolver palestras, brainstorming, mentorias e avaliações para a seleção das melhores soluções tecnológicas desenvolvidas. Os projetos serão avaliados pela originalidade, complexidade tecnológica, viabilidade e usabilidade.

O coordenador do Festival de Turismo das Cataratas, Paulo Angeli, afirma que, além de concorrer a prêmios como notebooks e tablets, os participantes terão a oportunidade de expor suas ideias de negócios, que eventualmente poderão ser viabilizadas. “Nossa intenção é criar um ambiente de negócios para essas pessoas”, destaca.

Angeli conta que a primeira edição do Hackatour foi muito bem aceita e teve uma boa visibilidade – tanto que chegou a ser copiada em outros eventos de turismo do Brasil. “Nós achamos isso muito bom. É sinal de que estamos sendo referência”. Ele diz que, embora o turismo seja a “espinha dorsal” do Festival das Cataratas, também tem aberto oportunidades nas áreas de tecnologia e ambiental. “Não é possível mais dissociar essas atividades do turismo”, acredita.

O coordenador do Festival de Turismo explica que, como o Hackatour chamou muito a atenção da comunidade turística, foi formatada a parceria com o PTI para ampliar ainda mais o evento. “Fomos buscar junto ao PTI uma parceria, dentro da expertise do Parque, para fazer um evento maior e melhor”, comenta.

O valor das inscrições para o Hackatour 2017 é de R$50. O regulamento e as inscrições estão disponíveis no site: http://hackatour.com/ . Todos os inscritos poderão fazer os passeios nos atrativos conveniados no Festival das Cataratas gratuitamente; entre eles estão: Itaipu Binacional, Parque das Aves, Parque Nacional do Iguaçu e Marco das Três Fronteiras.

(PTI)