1. Home
  2. Notícias

Professores e funcionários de escola realizam conferência neste sábado

Professores e funcionários de escola realizam conferência neste sábado
Conferência reúne educadores de nove municípios da região - Foto: Divulgação

Reforma do ensino médio, gestão democrática, organização curricular e financiamento da escola pública são alguns temas a serem debatidos na Conferência Regional da APP-Sindicato/Foz. Reunindo professores, pedagogos e funcionários de instituições de nove municípios, o encontro acontece sábado, 24, às 08:30 horas, no auditório da Unioeste/Foz.

A conferência tem como tema “Democrática e crítica: a educação pública não está à venda”. A palestra de abertura será realizada pela professora curitibana Dra. Andrea Caldas, docente e diretora do Setor de Educação da UFPR (Universidade Federal do Paraná). O debate com a educadora é aberto para a participação da comunidade, sem inscrição prévia. 


Dra. Andrea Caldas, docente da UFPR, realiza a palestra de abertura - foto Divulgação

O objetivo do evento é debater e avaliar as políticas educacionais, formular propostas para a melhoria da escola pública e definir ações para a valorização profissional. Os trabalhadores da educação ainda elegem 27 delegados titulares e o mesmo número de suplentes para a VII Conferência Estadual da APP-Sindicato, que acontece no mês de julho, em Curitiba.

O presidente da APP-Sindicato/Foz, Diego Valdez, explica que o fórum é um espaço para o planejamento das atividades sindicais dos educadores. “Desde 2014, o Governo do Paraná mantém um ataque sistemático contra a educação. A conferência propõe a avaliação das políticas educacionais e também o fortalecimento da agenda de resistência da categoria”, expõe.

Escola pública e gratuita

Valdez destaca que os processos de mercantilização da educação constituem a principal preocupação da conferência. O dirigente sindical afirma que os recursos da escola pública são alvo de investidas dos grandes grupos educacionais e as políticas adotadas pelos governos preconizam relações, objetivos e procedimentos privados nas escolas.

“São políticas que ameaçam diretamente a gratuidade e a universalidade da educação, põem em risco o direito de adolescentes e jovens de frequentar a escola sem ter de pagar por isso”, defende Diego Valdez. “Para os profissionais da educação as medidas já não são apenas ameaças, mas perdas de direitos, demissões e terceirizações”, relata.

Temas da conferência

Os eixos da conferência abrangem participação, organização, controle social e gestão democrática da educação; financiamento da educação e valorização, formação e condições de trabalho. Completam a grade debates sobre organização curricular na educação básica e inclusão, diversidade e igualdade: por uma escola sem machismo, sem racismo e sem LGBTfobia.


Flyer de divulgação da conferência - foto Reprodução 

Conferência Regional da APP-Sindicato/Foz

Dia: 24 de junho

Horário: das 08:30 18h30 horas, com intervalo para o almoço

Local: Auditório da Unioeste/Foz

Informações (Watsapp): (45) 99936-0172

Inscrições: (45) 3027-1893 e [email protected]

(APP-Sindicato/Foz)