1. Home
  2. Notícias

Parque Nacional do Iguaçu faz aniversário e foca na conservação

Parque Nacional do Iguaçu faz aniversário e foca na conservação
Funcionários e convidados são recepcionados com bolo e música - Foto: Christian Rizzi

H2FOZ - Paulo Bogler 

Conservação da natureza e integração com a comunidade são conceitos que norteiam as ações do Parque Nacional do Iguaçu enfatizados durante a programação que celebrou os 79 anos da unidade ambiental. A agenda especial de aniversário do parque que abriga as exuberantes Cataratas do Iguaçu foi nesta quarta-feira, 10.

No início da manhã, às 8 horas, os funcionários do parque e convidados participaram de evento com música clássica executada ao vivo e bolo de aniversário. Em seguida, foram plantadas mudas de árvores nativas próximas ao Centro de Recepção de Visitantes do atrativo, na área que abriga uma ciclotrilha percorrida de bicicleta pelos visitantes.

A comemoração de aniversário do Parque Nacional do Iguaçu também contou com a abertura da exposição de artes visuais do Projeto Carnívoros do Iguaçu, que permanecerá disponível para o público até 14 de janeiro, no Porto Canoas, no interior da unidade. O projeto é uma ação institucional que estuda os hábitos e o modo de vida das onças da região.


Plantio de mudas nativas integrou programação de aniversário - foto Christian Rizzi

Para o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Ivan Baptiston, comemorar o aniversário do parque é valorizar o seu significado para a humanidade. “É um dia especial para celebrarmos este lugar que salvaguarda a vida selvagem e que possivelmente seja uma das mais belas feições da natureza no mundo”, frisou.


Ivan Baptiston: "Lugar que salvaguarda a vida" - foto Christian Rizzi

Em 2017, o parque recebeu 1.788.922 pessoas de 166 nacionalidades, maior visitação já registrada na história. “Cada vez mais as pessoas vão buscar se conectar com lugares como o parque, que possibilita experiências transformadoras com contato direto com a natureza”, enfatizou Ivan Baptiston.

Comunidade

Além de receber turistas de diversas regiões do Brasil e de todas as partes do mundo, o Parque Nacional do Iguaçu incentiva a visitação dos moradores das cidades do entorno por meio do Passe Comunidade. A população dos 14 municípios vizinhos ao parque pagam valores diferenciados para contemplar as belezas naturais da unidade.


Cataratas do Iguaçu são a principal atração do parque - foto Marcos Labanca

Para receber o benefício, a comunidade da região deve fazer um cadastro no Centro de Visitantes. O desconto será concedido aos visitantes que comprovarem residência nas cidades de Capanema, Capitão Leônidas Marques, Céu Azul, Foz do Iguaçu, Lindoeste, Matelândia, Medianeira, Ramilândia, Santa Lúcia, Santa Tereza do Oeste, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu e Vera Cruz do Oeste.

Parque Nacional do Iguaçu, importância singular 

- Criado por lei federal em 1.939

- Abrange 185 mil hectares de Mata Atlântica, reunindo o maior remanescente deste bioma na região Sul do país

-  Biodiversidade formada de espécies representativas da fauna e flora brasileiras

- Abriga animais ameaçados de extinção como onça-pintada, puma,  jacaré-de-papo-amarelo, papagaio-de-peito-roxo e gavião-real

- Primeira unidade de conservação do Brasil reconhecida como sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, em 1986

- Sua principal atração, as Cataratas do Iguaçu, foram eleitas uma das 7 Maravilhas Mundiais da Natureza, em 2011

- É unido pelo rio Iguaçu ao Parque Nacional Iguazú, na Argentina

- As áreas brasileira e argentina juntas totalizam cerca de 600 mil hectares protegidos e outros 400 mil de florestas primitivas