1. Home
  2. Notícias

Operação apreende grande quantidade de informática e celulares

Paulo Bogler H2FOZ

Servidores da Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal e policiais do BPFron (Batalhão de Polícia da Fronteira) aprenderam uma grande quantidade de produtos de informática, celulares e acessórios, nesta quinta-feira, 27. As abordagens integram as ações mantidas pelas forças de segurança e de fiscalização, no âmbito da Operação Fronteira Integrada.

A primeira apreensão ocorreu de madrugada, no posto da Polícia Rodoviária Federal, no município de Céu Azul, na região Oeste do Paraná. Servidores e policiais realizaram abordagem de rotina a um veículo com placas de Foz do Iguaçu, encontrando volume grande de celulares e acessórios envoltos por um tipo de manta de tecido. O valor estimado das mercadorias é de R$ 85 mil.


Agentes recolhem veículo e produtos contrabandeados do Paraguai - Foto: Receita Federal

Na Ponte Internacional da Amizade, perto das 6 horas, foram apreendidos acessórios para celular instalados em fundo falso de uma moto, acondicionados próximo ao tanque de combustível. O condutor trabalha como moto-taxista na região da fronteira. As mercadorias totalizaram R$ 10.179.


Motocicleta tinha fundo falso próximo ao tanque de combustível - foto Receita Federal

Às 7:30 horas, outro veículo com placas de Foz do Iguaçu foi vistoriado por agentes da Receita Federal e policiais do BPFron, na praça de pedágio de São Miguel do Iguaçu (PR). O condutor, um homem de aproximadamente 77 anos, estava a caminho de Cascavel. Em busca detalhada ao automóvel, foram encontrados celulares e artigo de informática escondidos no para-choque, totalizando cerca de R$ 105 mil.

Integração

A Operação Fronteira Integrada é coordenada pela Receita Federal, envolve servidores de outras regiões fiscais do órgão e conta com a participação das forças policiais. A ação integra o Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, e tem como foco na repressão e prevenção dos crimes transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas e medicamentos, entre outros.

(Com informações da assessoria de comunicação da Receita Federal)