1. Home
  2. Notícias

Festival das Cataratas supera as expectativas e aumenta em 18% o número de participantes

Festival das Cataratas supera as expectativas e aumenta em 18% o número de participantes
- Foto: Divulgação

O 12º Festival das Cataratas encerrou nesta sexta-feira (30) em Foz do Iguaçu (PR) e tem tudo para ficar marcado na história.

O evento movimentou a economia da cidade e mais uma vez bateu recorde no número de participantes. Foram 8.180, de 21 estados brasileiros e 14 países. O número é 18% superior do que o registrado no ano passado (7.043). Além disso, 227 profissionais de imprensa fizeram a cobertura do evento.


Outros recordes desta edição foram o número de caravanas (55) e o de trabalhos submetidos ao Fórum Internacional de Turismo do Iguassu (270), que já se consolidou como o principal evento técnico-científico do setor no Brasil. Além dos números, o Festival também ganhou em relevância ao reunir 10 ministros. Entre eles, o ministro do Turismo do Brasil, Marx Beltrão, e das outras nove nações da Comunidade dos País de Língua Portuguesa (CPLP).

Na solenidade de abertura, Beltrão se comprometeu em buscar solução para uma forte reivindicação local: a ampliação da cota de compras no Paraguai, aumentando o limite de isenção de impostos dos atuais US$ 300 para US$ 500. "Não sei qual o meio, mas podem ter certeza que levarei isso para Brasília. Mais do que discutir a cota, temos também que ter uma região livre de impostos, para gerar empregos e fomentar a economia de nosso País", afirmou.

O 3º Salão Mice Cataratas (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions - Reuniões, Incentivos, Conferências e Feiras) reuniu organizadores, promotores e fornecedores de evento que se envolveram em debates e trocas de experiências sobre tendências na seleção de cidades-sedes e organização de eventos associativos.

Feira

Nos 209 estandes da Feira de Turismo e Negócios, 1780 expositores apresentaram mais de 1176 marcas, entre agências de viagens, operadores de turismo, empresas aéreas, meios de hospedagem e de gastronomia, destinos e atrativos turísticos de todo o Brasil e da América Latina. A África também esteve representada, com um estande de Angola. No Salão de Turismo de Compras, as lojas de Ciudad del Este, no Paraguai, ocuparam mais estandes e trouxeram atrativos para conquistar o público. Entre elas, um robô gigante, que fez sucesso entre os participantes.

Mais uma vez o termalismo esteve em evidência, com o 2º Salão Brasileiro de Turismo Termal e Spa com destaque foi a presença do cientista da cadeira de medicina hidrológica da Universidade Complutense de Madrid, Dr. Francisco Maraver. O Salão do Vinho Argentino foi sucesso e atraiu a curiosidade de quem circulou pela Feira. Lá os visitantes puderam conhecer e degustar bebidas produzidas em mais de 20 bodegas de regiões tradicionais do país vizinho como Salta, La Rioja, Mendoza e San Juan.

Tecnologia

Cada vez mais aliada ao turismo, a tecnologia teve seu espaço no Festival, com a realização do 2º Hackatour Cataratas, uma maratona de programação. No Parque Tecnológico Itaipu (PTI), a missão foi desenvolver soluções - que foram devidamente validadas na feira - para o mercado de turismo em 34 horas.

Fórum

Já consolidado como um dos maiores eventos técnico-científicos do turismo nacional, o Fórum Internacional de Turismo do Iguassu reuniu cerca de 1,1 mil estudantes de todo o Brasil. Para esta edição, o número de trabalhos submetidos foi recorde (270) e teve "Cidades Criativas" como tema principal. A palestra de abertura foi ministrada por Luiz Gonzaga Godói Trigo, professor titular da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP) e Mary Sandra Guerra Ashton, professora titular e pesquisadora na Universidade Feevale. A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) foi a instituição que mais submeteu trabalhos: 25.

Compensação ambiental

As emissões dos Gases de Efeito Estufa resultantes de atividades - como montagem e desmontagem das estruturas do evento, uso de água, energia e deslocamentos - serão devidamente compensadas por meio da metologia GHG Protocol (Greenhouse Gas Protocol), utilizada mundialmente por empresas e governos no cálculo das emissões, e aplicada pelo Instituto para o Desenvolvimento do Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente (Idestur).

O total de emissões contabilizadas será convertido no plantio de aproximadamente 441 mudas de árvores nativas nas proximidades do Corredor da Biodiversidade Santa Maria, que liga o Parque Nacional do Iguaçu à faixa de reserva florestal da Itaipu Binacional. O 13º Festival das Cataratas já tem data confirmada para 2017. Será realizado nos 20, 21 e 22 de junho de 2017.