1. Home
  2. Notícias

Feira do Livro encerrou domingo

Feira do Livro encerrou domingo

A feira começou no dia 7 de setembro e recebeu até sábado aproximadamente 80 mil pessoas; Desde a 1ª edição o evento já quadruplicou em espaço físico e em número de visitantes
 
Depois de 10 dias consecutivos de programação cultural e literária intensas, a 13ª Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu – FILFI, encerra o calendário de atividades neste domingo (17). Além dos expositores com livros à preços acessíveis, a feira ainda oferece oficina de criação poética, apresentação do documentário “Envelhescência”, e para celebrar o encerramento do evento o público poderá contar com a performance da banda pernambucana, Mombojó, a partir das 21h.

De acordo com o organizador de eventos da Fundação Cultural, Paulo Rigotti, uma das metas da 13ª edição da FILFI era atrair aproximadamente 90 mil visitantes, número equivalente ao da edição de 2015. Segundo Rigotti este número está prestes a ser alcançado, uma vez que até sábado (16), os organizadores contabilizaram 80 mil pessoas.

Paulo acredita que a programação deste domingo irá superar as expectativas: “Eu acredito que domingo a gente receba 15 mil visitantes à feira”. A promessa de sucesso de público deve-se ao repertório de atividades. Foram aproximadamente 250 práticas gratuitas e que contemplaram o público das mais diversas idades.

A banda pernambucana da geração pós manguebeat, Mombojó vai encerrar as atividades da FILFI, a partir das 21h. O grupo traz a turnê “Mombojó Lo-Fi”, com repertório que relembra toda a discografia lançada até então. “Será um show com um repertório todo voltado para músicas que compõe uma atmosfera suave”, explica a assessoria de imprensa da banda. Entre algumas das músicas escolhidas estão “O céu, o sol e o mar”, “Duas Cores”, “Absorva”, “Fatalmente” e “Summer Long”.
A turnê marca uma fase importante de transição da banda, que se prepara para lançar ainda este ano um novo projeto com a cantora franco-britânica Laetitia Sadier.

Programação
As crianças poderão contar com a alegria da equipe de recreação infantil durante todo o dia, mas a diversão mesmo vem com a contação de histórias da “Menina Bonita do Laço de Fita” com Aladir da Silva às 10h30, “Bruxa Cueca – a revolta dos materiais” com a atriz Adriana Maria Zanetta às 17h30 e “O Domador de Monstros” com a Cia Girolê, a partir das 20h30.

Os escritores Thássio Ferreira, Cesar Machado e Stefani Sabetzki, lançam respectivamente as obras “(DES)NU(DO)” e “Humanização Parapsíquica na UTI”, às 17h e 20h30. O Espaço Literário I será palco do debate “A convivência inter-religiosa na tríplice fronteira”, às 16h, para a conversa, diferentes líderes abordarão temas como o respeito, a tolerância e o espaço de convivência entre os religiosos.

A poesia toma conta do último dia das atividades com as oficinas, Dicionário de Emoções, com Alba Cardozo, às 16h e Criação Poética, às 18h com Jeane Hanauer. Cinema e literatura estão intrinsecamente relacionados, e o documentário de Judith Caggiano, “Envelhescência”, será apresentado neste domingo às 16h, e aborda o envelhecimento no século XXI. A autora estará presente para debater com o público sobre o tema.

Além destas atividades, a feira ainda terá ao longo do dia lançamento de livros, conversas e debates ao longo do dia. A 13ª FILFI está alocada na Avenida JK, 3225 – no Complexo Bordin, próximo ao supermercado BIG.

(Assessoria)