1. Home
  2. Notícias

Centro de Direitos Humanos elege nova diretoria

Centro de Direitos Humanos elege nova diretoria
Novos dirigentes foram eleitos pelo colegiado da entidade - Foto: Divulgação

Os integrantes do colegiado do CDHMP (Centro de Direitos Humanos e Memória Popular de Foz do Iguaçu) elegeram os novos membros da diretoria e do Conselho Fiscal, para mandato de dois anos. Coordenado pela Comissão Eleitoral e regido por regimento próprio, o processo de votação aconteceu no sábado (25), na sede da entidade.

A diretoria é formada por Aluizio Palmar (presidente), Nildemar da Silva (vice-presidente), Beatriz Alves (secretária), Mônica Sosa (secretária de finanças) e Amilton Farias (secretário de comunicação). O Conselho Fiscal é composto por Domingas Schroeder, Olírio Rives e Mara Tatiana dos Santos. A formação da direção e do órgão fiscal é paritária entre homens e mulheres.

A assembleia extraordinária foi aberta com a exposição das regras da eleição, feita por Daniela Schlogl e Hernan Aguilera Carro, presidenta e secretário da Comissão Eleitoral. Em seguida, aconteceu a apresentação da única chapa inscrita e debate entre os participantes da plenária. A chapa foi eleita com 21 votos favoráveis, 04 contrários e uma abstenção.


Eleição acontece a cada dois anos para a escolha da diretoria e do Conselho Fiscal - foto Divulgação 

“A eleição da diretoria é importante para a democracia interna.  Mas ressaltamos que o colegiado é nossa instância superior, aberto a participação de todos que defendem os direitos humanos”, frisa Aluizio Palmar. “Vamos dar continuidade aos trabalhos da entidade e firmar esse espaço de troca de inteligências e saberes, com diálogo e companheirismo”, diz.   

A presidenta da Comissão Eleitoral, Daniela Schlogl, destacou o resultado da eleição para o fortalecimento do CDHMP. “Fico feliz com todo o processo, pois a direção eleita reúne pessoas com atuação em vários movimentos, que vêm para somar e trazer suas contribuições. Me sinto representada”, enfatiza.

Defesa dos direitos

O Centro de Direitos Humanos e Memória Popular tem como objetivo fundamental contribuir para a construção de uma sociedade justa, democrática e igualitária. Suas ações visam a promoção e a defesa dos direitos humanos, econômicos, sociais e culturais de todas as pessoas. A organização atua no registro, proteção e promoção da memória popular.


Integrantes da Comissão Eleitores conduzem o processo de escolha com base no regimento - foto Divulgação 

A entidade foi constituída formalmente no ano de 1993 e reorganizada em 2010. Com sede própria, possui uma biblioteca mantida com outras organizações, e mantém um Ponto de Cultura, por meio do qual realiza atividades culturais de base comunitária. O CDHMP está presente nas atividades e mobilizações públicas em defesa dos direitos humanos, das liberdades e da democracia.

CENTRO DE DIREITOS HUMANOS E MEMÓRIA POPULAR

Assembleias públicas no primeiro sábado de cada mês

Alameda Batuíba, 146, Vila “A”

www.www.cdhmp.com.br