1. Home
  2. Notícias

Bazar da Pamella vai beneficiar 500 famílias

Bazar da Pamella vai beneficiar 500 famílias
Cerca de mil pessoas estiveram no bazar beneficente - Foto: Izabelle Ferrari

Os voluntários que trabalharam na quinta edição do Bazar da Pamella devem finalizar, ainda esta semana, os levantamentos sobre a arrecadação do evento. A renda será destinada a duas entidades de Foz do Iguaçu: Associação Fraternidade Aliança (AFA) e Escola Nosso Canto. O Bazar da Pamella foi realizado no sábado (16), no salão da Igreja São José Operário, no Porto Belo, em Foz e reuniu em torno de mil seguidores da modelo e digital influencer que é sucesso nas redes sociais.

A entrada ao evento foi liberada às 14 horas. Em menos de duas horas, grande parte das 5 mil peças em exposição já tinha sido vendida. “É incrível a adesão dos meus seguidores, dos moradores de Foz, da região, do Paraguai e da Argentina. Cada escolha que eu via alguém fazer me trazia a lembrança da história daquela peça. Todos os que participam levam um pouco de mim e ajudam a transformar vidas,” analisa a blogueira Pamella Ferrari.

Os primeiros interessados chegaram ao evento às 9:30 horas da manhã, quase cinco horas antes do início. “Quero renovar o guarda-roupas!”, disse a estudante de direito Jessica Hoff – uma das primeiras da fila. “Vou procurar vestido de formatura e roupas de inverno para usar numa viagem que farei.” Este ano, a fila foi montada num salão coberto e havia brinquedos para as crianças se divertirem. “Sei que muitas das minhas seguidoras têm criança pequena. Precisávamos oferecer mais conforto a elas,” considerou Pamella.


Pamella Ferrari com os voluntários que atuam na organização do evento
- foto Izabelle Ferrari

Assim que a entrada foi liberada, centenas de pessoas se espalharam pelas araras e pelas mesas com produtos em exposição. Em menos de cinco minutos, todas as bolsas foram vendidas. Também houve muita disputa em torno dos vestidos de grife e dos calçados – muitos ainda com etiqueta. A administradora e enfermeira Ana Neri esteve no bazar pela primeira vez. “A gente tem que focar e ser bem rápido, pra pegar aquilo que acha que é legal. O preço estava super bom e as peças são bem novas!”, comemorou.

Empresas parceiras, apoiadores e um grupo de voluntários (amigos e familiares de Pamella Ferrari) auxiliaram na realização do bazar. Para a amiga Ana Paula Senem, responsável pelo caixa, todo o esforço de dias de dedicação é compensado: “É cansativo? É. E muito cansativo! Mas também é muito gratificante pode participar de tudo isso. Ver o desapego da Pamella em relação às peças e depois acompanhar a destinação”.

Doações

Os repasses para a Associação Fraternidade Aliança (AFA) serão feitos ao longo do próximo ano. Serão doações pontuais, conforme as necessidades da entidade que oferece atividades no contraturno e atende em torno de 200 famílias nos programas e projetos desenvolvidos. Já para a Escola Nosso Canto houve uma definição prévia da necessidade mais urgente: a reforma da cozinha.

O Nosso Canto está sem licença da Vigilância Sanitária em função das adequações que precisam ser feitas. A ausência do documento inviabiliza os convênios que pagam as despesas de funcionamento. “Se não reformarmos a cozinha logo, o Nosso Canto corre o risco de fechar,” lamenta a diretora, Elisa Marinho Hartmann. Atualmente, são atendidos 165 alunos e há lista de espera com quase 50 nomes.

As duas entidades juntas prestam auxílio direto a quase 500 famílias de Foz do Iguaçu. Para a modelo Pamella Ferrari, o mais importante é saber que abrir mão de peças tão desejadas movimenta a energia do bem. “O resultado final só é possível com a ajuda de todas as pessoas e empresas que apoiaram o bazar. Muito obrigada a todos!”

(Assessoria)