1. Home
  2. Notícias

Assessor do Dr. Brito denunciou vereadores por quebra de decoro

Assessor do Dr. Brito denunciou vereadores por quebra de decoro
Cazuza e Dr. Brito foram presos em mais uma fase da Operação Pecúlio - Foto: Câmara de Vereadores de Foz

Presos na quinta fase da Operação Pecúlio e reeleitos em 2016, os vereadores Anice Gazzaoui (PTN), Darci DRM (PTN), Edílio Dall’Agnol (PSC), Luiz Queiroga (DEM) e Rudinei de Moura (PEN) tiveram seus mandatos cassados pela Câmara de Vereadores. Eles tentam reaver na Justiça as representações.

O pedido de abertura da CP (Comissão Processante) no Legislativo foi apresentado por José de Oliveira Reis Neto, o Cazuza, apontado pelo MPF (Ministério Público Federal) como “assessor informal” do vereador Dr. Brito (Patriota). Os dois foram presos preventivamente pela PF (Polícia Federal) nas primeiras horas desta terça-feira, 16, em mais uma fase da Operação Pecúlio. 

Presos

A PF e o MPF acusam Brito de chefiar uma suposta organização criminosa para fraudar recursos destinados à saúde pública em Foz. Em entrevista coletiva, o procurador da República Alexandre Porciúncula disse que o vereador seria o principal beneficiário do esquema; e Cazuza, o mentor intelectual das irregularidades.

Conservador

Na tribuna da Câmara de Vereadores, o Dr. Brito ficou conhecido por seu posicionamento conservador. É de sua autoria o projeto para instituir em Foz o programa Escola sem Partido. Outra proposição dele altera a Lei Orgânica do município a fim de proibir medidas educativas denominadas ideologia de gênero.

Sindicatos e entidades de direitos humanos alegam que as propostas são contra a diversidade e cerceiam a liberdade de expressão.


Vereador durante "adesivaço" a favor de Jair Bolsonaro - foto Divulgação 

Candidatura

Brito vinha trabalhando para ser candidato a deputado federal nas eleições deste ano. O vereador não escondia sua afinidade com o deputado carioca Jair Bolsonaro (PSC), eventual candidato a presidente e notório conservador. Nos últimos dias, Dr. Brito realizava ações públicas na cidade para divulgar o nome de Bolsonaro.