1. Home
  2. Fotos

Roberto de Lemos

H2FOZ - Letícia Lichacovski

Já parou para notar os detalhes de tudo que nos cerca? Os polens dentro de uma flor, por exemplo? Talvez, a olho nu, seja difícil reparar em algo tão pequeno. Mas, graças ao avanço das lentes fotográficas, registrar o minúsculo virou arte.

Essas fotos são de autoria do iguaçuense Roberto de Lemos, de 22 anos. Formado em Tecnologia em Gestão Ambiental, a fotografia falou mais forte e, de hobby, evoluiu para algumas oportunidades de trabalho como freelance.

“Sempre gostei de fotografia, vivia revendo álbuns de família” começa contando. “Em 2008, eu tinha uma câmera compacta com funções manuais e comecei a ler e entender o que era a fotografia, a partir daí comecei a economizar e comprei minha DSLR”.

A foto macro chama atenção por chegar muito perto do objeto (ou inseto, neste caso) fotografado. Existem lentes próprias para esse tipo de registro, mas Roberto encontrou outra técnica, a Lente Invertida. “Neste método, se inverte a lente e o foco é feito aproximando ou afastando a câmera do assunto”.

Através de suas imagens, Roberto espera mostrar a sua forma de ver o mundo. Rico, detalhado, com cores onde nem imaginávamos (ou você sabia que a mosca tem tons de azul e verde?).