1. Home
  2. Fotos

Natali Cujari

A beleza, o feio e o foco

Observe a beleza a sua volta. Pergunte-se a si mesmo; o que é mesmo o belo? Onde esta o manual de instrução da beleza? Pensando por uma fração de segundos a conclusão que se tem é que não há uma resposta clara e correta sobre a pergunta.

Para Natali Cujari, acadêmica de jornalismo, e amante da fotografia, a beleza esta na paralisação de um momento instantâneo. Existe um ponto onde o feio e o belo deixa de serem linhas paralelas, tornando-se uma coisa só. E isso ela consegue expressar pelas lentes de sua Nikon D5100.

O cansaço de uma vendedora ambulante, ao ganhar a vida vendendo alhos e outros condimentos pelas ruas da fronteira. Sucatas organizadas em uma parede de madeira, o olhar triste de uma estátua, condenada sempre a mesma pose, ou até mesmo simples linhas geométricas. Tornam-se um instrumento de reflexão quando fotografado pela acadêmica amadora.

Existe sim uma beleza que esta em evidência, e que também não foge aos olhos da fotografa. Isso lhe atrai não por ser belo, mas pelas simplicidades dos gestos. As estrelas se organizam em um céu rural, o arco-íris nas Cataratas destaca ainda mais suas cores, o quati e o tucano não se incomodam com sua presença singular.

Isso acontece porque invés de procurar o belo ou o feio, ela simplesmente fotografa. E assumiu seu amor pela fotografia. E isso vai além da beleza ou da feiúra. Como dizia Henri Cartier Bresson. “Fotografar é por na mesma linha de mira, a cabeça, os olhos e o coração”.

Entre em contato com a fotógrafa 
Telefones : 45 8802-33748 / 45 8419 -17 83
[email protected]

H2FOZ - João Mota
[email protected]