1. Home
  2. Posts
  3. Planeta Foz

Sobre evolução humana

Sobre evolução humana

Claudio Siqueira

O que temos pela observação é que o homem não evolui, mas se desenvolve.

Observemos que apesar de no nosso século a tecnologia ter aumentado, e também as ciências – tanto as exatas como sociais; uma base da sociedade, independente do estrato social, mantém comportamento similar aos que lemos nos registros históricos da Idade Média. Povo supersticioso, ignorante da análise da realidade e preconceituoso. Não bastou o acúmulo de desenvolvimento, comportam-se idênticos aos que nada possuíam de ciência.
Vendo desse ângulo, o homem em mais de sete mil anos de História permanece o mesmo, em essência. O que mudaria a espécie então estaria no método de educação, que deve ser desde o nascimento. Assim além de possuir a tecnologia, as gerações iriam se aperfeiçoando através da aprendizagem e de um método, que possibilitará maior compreensão da realidade conforme forem se sucedendo as gerações.
O que realmente evolui é a cultura, e o homem, esse, se desenvolve, porém sempre sendo o mesmo em essência.

Para Millôr Fernandes a preguiça é a chave do desenvolvimento. Mas essa deve ser uma preguiça muito bem qualificada. A preguiça vulgar que vemos é a que corre em contramão de qualquer avanço. Faz-se da forma mais difícil e cansativa para evitar o progresso, que tornaria o trabalho mais curto.
Percebemos essa preguiça “negativa” no pensamento conservador. O pensamento conservador é aquele que caminha na estrada mais longa, mesmo que a estrada mais curta não tenha perigo. Para o conservador importa apenas os privilégios individuais que possa justificar . Ou seja, o conservador evita inovação com medo da concorrência, pois em si mesmo se vê a incapacidade de fazer algo que exija esforço pessoal.

De fato o homem não evolui, e sim se desenvolve. Por evolução temos o entendimento de ser ação permanente e irreversível. Já o desenvolvimento pode se degradar. Observamos tanto pela História como individualmente os casos fartos de apogeu e queda. Avança-se e depois retrocede-se a um estágio igual ou pior que o original.
É um pensamento conservador hoje acreditar na ciência como ferramenta para toda a verdade. Fato que a ciência nos leva a entender que a verdade plena não pode ser alcançada por ela, provavelmente nos dias de hoje nem por outras ferramentas além da fé.

Claudio Siqueira é iguaçuense e se desenvolveu nesta mesma cidade espetacular

https://www.facebook.com/claudio.siqueira 
https://twitter.com/siqueiract 
https://www.instagram.com/siqueira.ct/