1. Home
  2. Maravilha da Natureza

Maravilha da Natureza

Maravilha da Natureza
Cataratas do Iguaçu estão localizadas na fronteira entre Brasil e Argentina - Nilton Rolin

Não há como permanecer indiferente a este cenário. Um turbilhão de águas se lança de elevadas escarpas de basalto criando um espetáculo inigualável: os 275 saltos que formam as Cataratas do Iguaçu. Esculpida há 120 milhões de anos, essa maravilha da Natureza está no coração de um frágil ecossistema que abriga diversas espécies animais ameaçadas de extinção.

Localizadas na fronteira entre Brasil e Argentina, as Cataratas atraem milhares de turistas todos os anos. Quem as visita tem a possibilidade de caminhar por passarelas que levam a poucos metros da maior de todas as quedas d’água, a “Garganta do Diabo”, além de apreciar a mata exuberante do Parque Nacional do Iguaçu, a maior reserva de floresta pluvial subtropical do mundo.

Por isso, comparar as Cataratas à norte-americana Niagara Falls é uma covardia. Que o diga a ex-primeira-dama dos Estados Unidos Eleonor Roosevelt. Em visita a Foz do Iguaçu, ela comentou: “pobre Niagara”. Aqui, a biodiversidade faz a diferença. De onde quer que se contemple os saltos, é possível, por exemplo, apreciar nuvens de borboletas, as chamadas panapanás. São mais de mil espécies colorindo a bruma branca que envolve o Iguaçu.

No entanto, é a enorme quantidade de saltos, em forma de ferradura, com 2.700 metros de extensão — 800 metros no Brasil e 1.900 metros na Argentina — que atrai visitantes dos cinco continentes. As águas podem ser apreciadas das passarelas erguidas tanto no Brasil como na Argentina. Porém, é em Foz do Iguaçu que está a melhor vista das quedas.


Um pouco de história

O primeiro homem branco a ver as hoje famosas quedas d’água foi o navegador espanhol Álvar Nuñez Cabeza de Vaca, em 1542. Também responsável pela exploração da Flórida, nos Estados Unidos, Cabeza de Vaca descobriu as Cataratas por acaso, quando procurava um caminho que o levasse a Assunção.

O descobridor narrou a descoberta em seu diário: "O rio dá uns saltos por uns penhascos enormes e a água golpeia a terra com tanta força que de muito longe se ouve o ruído", reportou. Infelizmente, teve pouco tempo para contemplar o espetáculo. Sua navegação foi interrompida e ele precisou transpor as quedas rapidamente, pelo mato, com medo de ser atacado por índios hostis.

No início do século 20, as Cataratas tinham um proprietário, o fazendeiro uruguaio Jesus Val, que se gabava de ter as Cataratas no quintal de sua casa. Esse capricho lhe custou caro. O aviador Santos Dumont fazia uma visita à então Vila Iguaçu, em 1916, e teria se revoltado com o fato de essa beleza natural ter dono. Saiu de lá prometendo providências e três meses depois o governo expropriou a área.

Como reconhecimento, Dumont ganhou uma estátua de bronze em lugar de honra no Parque Nacional do Iguaçu, que seria criado somente em 1939.


Serviço

Cataratas do Iguaçu
Horário de Funcionamento: de segunda a domingo, das 9 às 17 horas.
Informações e reservas: (0xx45) 3521-4400
Site:
www.cataratasdoiguacu.com.br
E-mail: [email protected]


© Portal H2FOZ - Todos os direitos reservados